22.12.15

O Hierofante


Entre a fumaça e o espelho
Flertou com ilusões tardias
de um sorriso que nunca veio.

Tu moras em uma ilha
de areia branca e água fria
Que pena!

Isolado, virgem receptáculo
Não conheceste a quentura
da andorinha ou o verde
e a colméia.

Era inverno no inferno.
E não havia saída.

Nenhum comentário:

Postar um comentário