26.9.14

Destino


O povo humano persevera pelo amor e pela razão em sua história escrita em sangue.
A viagem é curta, as intempéries infindáveis.
Remo lúcido sorvendo a serenidade dos portos seguros.
Eis o milagre.