21.8.13

Ressaca



Quando finalmente me encontrei
vieram as ondas

de papel d'um livro esquecido
de café, em diálogos monossilábicos
de pipoca em cenas opressivas

que desgovernaram as poucas verdades
e me abriram um sorriso

afinal,
como blocos de montar,
a graça está em construir e desconstruir

15.8.13

Das brumas às flores


Ela carrega parte do mundo dentro do peito
Os olhos ávidos e simples
não calculam, enxergam.
É filha de Achelous,
bela e efêmera como vaga-lume,
às vezes radiante
às vezes ausente


Passageira como os ventos de agosto
Acalenta o inverno
anunciando as flores,
a poesia e amores.